Categoria: Volume 73 - Outubro/Dezembro de 2010
Páginas: 74
Preço: Faça o cadastro para download
ISSN: 1807-9865
Biblioteca: Neurobiologia
Ano: 2010
Link: Link Download
Acessos: 3038
  / 0
PobreMelhor 

Comentário

Escrito por Editor

ABORDAGEM PREVENTIVA DOS TRANSTORNOS ALIMENTARES NA ADOLESCÊNCIA: desenvolvimento de cartilhas educativas

 

 

 

Rosana Christine Cavalcanti Ximenes1, Tatiana Araújo Bertulino da Silva2, Sara Grinfeld2, Viviane Colares1, Geraldo  Bosco Lindoso Couto2 e Everton Botelho Sougey2

 

 

1 – Universidade de Pernambuco

2 – Universidade Federal de Pernambuco

 

 

Introdução:  A carência  de recursos didáticos direcionados  aos adolescentes com transtornos alimentares  e a pessoas  de seu convívio põe  em risco a prática educativa  em saúde,  pois os materiais didáticos dinamizam as ações  educativas.  Objetivos: Elaborar duas cartilhas educativas:  uma direcionada ao adolescente  e outra a pessoas  de  seu  convívio (responsáveis,  professores  e  profissionais  de  saúde),  através  de  metodologia participativa, utilizando a educação conscientizadora,  fundamentada no referencial teórico de Paulo Freire. Materiais e método:  O  estudo  foi realizado na clínica-escola de Odontopediatria, Universidade Federal de Pernambuco    (UFPE),  tendo   com   participantes    uma   equipe    multidisciplinar de   saúde,   professores, adolescentes  e  responsáveis,   que   foram  organizados   em  pequenos   círculos  de  discussão   focand a relevância do material, sua  temática  e seu tipo, com registro feito através  de gravação  e transcrição  para análise.  Os  conteúdos  das  cartilhas  foram elaborados com  base na  literatura  científica. Em seguida,  o material foi aprovado, dentro de um projeto de extensão pela Pro – reitoria de Extensão (PROEXT) da UFPE. Resultados:  Os   círculos  de  discussão   forneceram   subsídios  para   a  elaboração  do  material   didático, destacado pelo grupo como indispensável na modificação de práticas de Educação  em Saúde, auxiliando na aprendizagem  do tema. O visual gráfico consta de figuras em preto e branco  e coloridas, desenvolvidas por técnicos  em  tratamento  de  imagem,  no  programa   Corel  Draw.  Foi optado   pela  disposição  no  formato pergunta/resposta  no  texto.  Cada   cartilha  contem  4  páginas,   8  perguntas   e  indicações   de  locais  de atendimento.  Sua arte final e diagramação foram realizadas  pelo Bureau de Design, projeto de extensão da UFPE, e impresso  pela  própria PROEXT. As cartilhas foram confeccionadas em papel  cuchê,  tamanho  de meia folha A4, formato “retrato”. Conclusão:  Mais do que fornecer um conjunto de perguntas  e respostas, o trabalho  se apresentou  como  um auxílio na  educação preventiva com relação  aos  transtornos  alimentares entre adolescentes.

 

 

Data de inserção:

Links

         

 

 

Publicações recentes

Vivências no estágio em psiquiatria: relato de e...

Vivências no estágio em psiquiatria: relato de e...

by Selene Cordeiro Vasconcelos, Iracema da Silva Frazão, Luciana de Souza Ventura, Murilo Costa Lima, Aislana Lourenço dos Santos, Vânia Ramos, Adrielle Rodrigues dos Santos

Relato de caso: aspectos clínicos da miosite vira...

Relato de caso: aspectos clínicos da miosite vira...

by Marcelo Medeiros Felippe, Fernando Medeiros Felippe, Ananda Caroline Lopes Soares, Fábio Lopes Telles

Visitas

896118
Hoje
Nesta semana
Este mês
Todos os dias
472
6957
24176
896118

Seu IP: 35.170.82.159
Back to Top